Gestão Interdisciplinar da Paisagem (Informação Própria)

Programa de Doutoramento

Apresentação do programa

O Programa de Doutoramento em Gestão Interdisciplinar da Paisagem  É um programa de doutoramento conjunto entre a Universidade de Évora, a Universidade de Lisboa e a Universidade dos Açores, por um grupo de professores investigadores, peritos, reconhecidos internacionalmente nas áreas da Ecologia da Paisagem, da Economia Agrária, da Economia do Ambiente, da Gestão dos Recursos Naturais e das Florestas e da Ciência Regional.

Desde a sua criação o doutoramento tem recebido alunos de todo o país, assim como do Brasil e de Angola e, em 2014 o primeiro grupo irá discutir as suas teses de doutoramento. O objectivo é de atrair alunos de todo o mundo capazes de interagir de forma criativa com os paradigmas estabelecidos na comunidade científica, com um interesse acrescido na investigação e politicas territoriais e suas consequências nas transformações da paisagem. O doutoramento poderá ser dado em inglês caso haja alunos não lusófonos.

O programa envolve pelo menos um semestre em Portugal. O 2º semestre do 1º ano e o desenvolvimento da tese podem ser realizados em Portugal ou em qualquer outro país onde seja mais adequado o desenvolvimento das teses.

Objectivos

O objectivo do ciclo de estudos proposto prende-se com o desenvolvimento de metodologias e capacidades para fundamentar cientificamente a concepção e a avaliação de políticas públicas e instrumentos de gestão, que possam contribuir para a satisfação das crescentes exigências da sociedade em aceder aos múltiplos bens e serviços (recreio, biodiversidade, água, sequestro de carbono, bioenergias, etc.) provenientes do uso e da ocupação do solo. Os trade offs e complementaridades entre estes bens e serviços exigem desenvolvimentos interdisciplinares integrando uma variedade de campos científicos, tais como a ecologia, a agronomia, a economia, a sociologia, a geografia, a ciência política e a ética. Já há campos de investigação interdisciplinar deste tipo em abordagens como a ecologia da paisagem, a biologia da conservação, a economia ecológica e a ciência regional, mas é necessário mais trabalho integrador das várias abordagens, de forma a progredir em termos de bases conceptuais e soluções a implementar.

Saídas profissionais

Com a conclusão do ciclo de estudos em Gestão Interdisciplinar da Paisagem , os alunos ficarão habilitados a desenvolver metodologias integradoras de paradigmas disciplinares cujo objecto de análise é o Homem e o Meio Ambiente. Pretende-se nomeadamente que os alunos sejam capazes de aprender, adaptar e criar metodologias para:
 - Avaliar bens e serviços suportados pela paisagem, tais como biodiversidade, caça, qualidade ambiental, recreio, sequestro de carbono;
 - Desenhar e avaliar politicas para o uso do solo, tais como ordenamento, regulamentação, impostos e subsídios, criação de mercados ou novos regimes de direitos de propriedade;
 - Propor e fundamentar instrumentos de apoio à decisão, tais como análise multicritério, modelação de sistemas ecológico-económicos, abordagens participativas;
 - Entender práticas e percepções sociais, e de construção social do uso do solo;
 - Desenvolver modelos espaciais que integrem o ambiente, a tecnologia, a economia e a regulação;

Candidaturas

Os estudantes interessados devem enviar o seu CV e carta de motivação para um dos membros do comité científico:

  • Universidade de Évora/ICAAM, Teresa Pinto Correia: mtpc@uevora.pt  
  • Universidade de Lisboa/ Instituto Superior de Agronomia, José Manuel Lima Santos: jlsantos@isa.utl.pt  
  • Universidade dos Açores/Campus de Angra do Heroísmo, Tomaz Ponce Dentinho: tomazdentinho@uac.pt

Para obter informação mais detalhada consulte o curso na página "Estudar na Universidade de Évora" .

Programa de Doutoramento