Ciência e Tecnologia dos Alimentos

Objetivos

  1. Promover e consolidar a investigação de excelência na área da caraterização, produção, processamento e conservação dos alimentos, de modo a assegurar a sua qualidade e segurança;
  2. Contribuir para a diferenciação e inovação dos produtos, como meio de aumentar o seu valor acrescentado, tendo em consideração as necessidades do mercado e as preferências dos consumidores, e assegurando uma posição sustentável no mercado;
  3. Desenvolver tecnologias novas e/ou adaptadas que permitam o processamento e valorização de produtos alimentares seguros e de qualidade, do ponto de vista nutricional e organolético;
  4. Aumentar a transferência do conhecimento proveniente da investigação para as indústrias, contribuindo ativamente para o desenvolvimento da competitividade assim como para a consolidação do setor das PMEs, principalmente a nível regional (embora não esquecendo o âmbito nacional) e consequentemente para a sustentabilidade a longo prazo da economia regional baseada na inovação e competitividade:
  5. Incrementar e estabelecer redes multidisciplinares que venham a incluir parceiros e agentes interessados, nacionais e internacionais.

Linhas de Investigação

  1. Aumento da segurança de produtos cárnicos (enchidos), através do controlo da quantidade de aminas biogénicas e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, utiliando culturas iniciadoras indígenas selecionadas e melhorando a tecnologia utilizada;
  2. Redução do teor de colesterol e lípidos na carne, mantendo a sua qualidade, através da modificação da dieta do Porco Alentejano;
  3. Caraterização do perfil lipídico da lampreia, realçando a importância da razão omega 6/omega 3 para uma dieta equilibrada;
  4. Desenvolvimento de uma nova metodologia para a deteção e quantificação de resíduos de pesticidas em azeite, baseada na tecnologia de polímeros molecularmente impressos
  5. Desenvolvimento de tecnologias alternativas para o envelhecimento de vinho e bebidas espirituosas utilizando diferentes madeiras com relevância enológica e estudo do impacto da sua utilização nas caraterísticas sensoriais e químicas dos produtos;
  6. Melhoramento da tecnologia pós-colheita para aumento do prao de validade de frutas de elevada qualidade.

Outras Informações